04 setembro 2005

Já não ando a gostar nada

Qual é a mãe que gosta de ouvir fazerem comentários negativos sobre o próprio filho?
Pois é, ultimamente quando deixo o meu filhote na creche as auxiliares dizem que ele está atrasado para andar, que só se amassa para gatinhar, que o bébé Fulano e o bébé Beltrano são mais novos e já andem.
O meu filho começou a andar sózinho à poucos dias com os 15 meses.
Não sei o que se passa porque realmente na creche ele não quer andar.
Quando o vou buscar por vezes vejo-o de pé agarrado às cadeiras, mas assim que me vê vem a gatinhar na sua alta velocidade.
Mas já me ando a "passar" com esses comentários negativos.
Aqui à uns diazitos atráz cheguei lá por volta das 11 horas a deixar o pequenito. Tinhamos tido uma noite em claro. Só adormeçemos pelas 7:30, filhote fez um grande serão até essa hora.
Quando lá cheguei estava a dizer à auxiliar N. que tinhamos tido uma má noite e ia pedir conselhos, visto ela trabalhar com crianças e também por ser mãe, quando nem me deixou falar, deu-me logo um "recadinho" por causa da hora tardia. Que assim o meu filho pertubava os outros bébés a chegar naquela hora.
E não se diz nada a outras mães que lá vão buscar e deixar os filhos entrando na sala das crianças e dormitório, apesar de estar lá afixado a proibição aos pais de entrar nesses espaços? Não vão pertubar também o meu filho??
Pois nessa ultima sexta-feira como acordamos tarde e chuvia não o levei à creche.
Penso que tudo começou, posso estar a fazer maus juízos, mas é o que deduzo, por ter dito que estava de férias e ir lá levar o filhote na mesma.
Que fariam na minha situação?
1 - A mensalidade é paga por inteiro quer vaia ou não à creche.
2 - Lá sempre tem almoço e lanche variado (pois já está pago mesmo não indo).
3 - Ando cansada de dormir pouco por me levantar muita vez de noite ao bébé e ultimamente pelos serões que vão desde umas 2:00 até mais ou menos umas 4:00 a 5:00.
4 - Com filhote que anda sempre agarrado à mãe não consigo fazer nada em casa.
Agora tenho tentado levar o menino antes das 9:30, última hora de recepção das crianças na creche. Mas como entro ao serviço às 10:00 sempre levei-o perto dessa hora, nunca falaram nada, só agora é que falem.
Porquê?
Por estar de férias e o deixar lá?
Só deve ser por isso.
O que vale é que já a meados de Setembro irá para a sala de um ano, ficando com outras auxiliares.

15 comentários:

  1. Há quem não perceba que as mamãs também precisam de um pouco de tempo para elas e isso não faz de nós más mães.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Ana, desculpa a minha sinceridade, mas eu já tinha dito umas coisinhas a essas senhoras... parece-me q estão a agir de má fé e com muito pouca formação e educação! Quanto a mim, não devem estar no emprego certo... no infantário do Gonçalo, felizmente, nunca me fizeram tal coisa e sempre q têm alguma coisa a dizer, fazem-no com o maior respeito e educação. Já pensaste falar com a pessoa responsável? Não deves admitir esse tipo de comentários àcerca do teu filho! Elas podem (e devem!) falar-te àcerca do seu desenvolvimento, da sua relação com os outros meninos, etc, mas NUNCA nesses termos!!! E a educadora dele? O q tem ela a dizer?
    Em relação às tuas férias, não há mal nenhum em ires levar o Marquinho à escola... até porque podes aproveitar esse tempo p ir às compras, fazer limpezas ou simplesmente descansar! Mas isso não lhes dá o direito de ficarem de má cara... a vida é tua e tu pagas, bolas!
    Não ligues para esse tipo de atitude... deves sim, estar de pé atrás quanto à maneira q elas têm de lidar directamente com as crianças.

    Espero q tudo se resolva da melhor maneira...

    Um beijinho grande!

    ResponderEliminar
  3. olá

    Tu estás a pagar, logo tens todo o direito de levar o menino para a escolinha todos os dias, estejas ou não de férias.
    E não deves admitir comentários a respeito do seu desenvolvimento, cada criança tem o seu ritmo, não são todas iguais e o papel delas não é criticar mas sim ajudar a educar e nunca fazer distinção entre crianças.
    Eu acho que tu não podes admitir esse tipo de comentários.

    bjs

    ResponderEliminar
  4. Olá, adorei seu cantinho.

    E quanto a creche, que chato heim? você tá pagando e eles estão criando caso por nada? Eu sinto muito! Eu também acho que estas (ou esta pessoa) devia de trabalhar em outro lugar.

    Beijos

    ResponderEliminar
  5. A mania das comparações... detesto. Sei o que isso é qd vou buscar os filhos dos outros. Teem a mania de dar chá por não ir o pai / mãe... Enfim. Antes de ir de férias, vesti as calças e pus ordem na desordem. Não é que as gajas se puseram finas? Preparam os putos e tudo e vou na minha vez, sim, pq passavam-me à frente! COmigo resultou, quem sabe ctg tb resulta ;)

    ResponderEliminar
  6. Pois, eu secalhar seria como a Gina...já me tinha saltado a tampa! Quanto à questão de o Marquinho andar pouco, apesar de não ser mãe, não considero isso cmo 1 coisa negativa! É normal que ele ainda tenha 1 pouco de receio e prefira gatinhar qnd não se sente protegido (pela mãe)! As vezes ponho-me a pensar, se nos infantários há mesmo pessoas qualificadas para tomar conta de crianças tão diferente, c tantoss feitios! Ana, aproveita os tempos maravilhosos c o Marquinho e não ligues a comentarios alheios! :D Bjinhos c mt carinho ********+

    ResponderEliminar
  7. Olá, Ana.
    Quando é assim, não se fala com as auxiliares nem com a educadora. Fala-se com a Direcção do Colégio, que se quiser que as coisas funcionem bem, averigua e chama a atenção a quem tem de chamar.
    Os rapazes demoram quase sempre mais a andar, mas depois, ninguém nos pára!!!
    Beijinhos e obrigado

    ResponderEliminar
  8. Ana, deixa-me dizer umas coisas:
    1- Se estás de férias não é da conta das auxiliares;
    2- Se estás de férias e pões lá o tesourinho é da tua conta e tu é que sabes porque o fazes e elas não são NINGUÉM para alterarem a maneira como lidam contigo ou com o teu tesourinho....
    3- Se isso não terminar, se calhar deves ponderar e mudar o tesourinho de sítio não vão essas pessoas de mau carácter fazer alguma maldade com ele (maldade no sentido de não lhe ligarem nenhuma, por exemplo).
    4- Toma atenção e vê se o tesourinho está bem, fisicamente e psicológicamente no final do dia.
    5- Se não o quiseres mudar de sítio ou não puderes faz queixa dessas pessoas à(ao) Director(a). Se tu pagas tens que ser "bem servida", certo?
    Força

    beijokas do pimpim e da nocas

    ResponderEliminar
  9. Oi Ana
    Estou a ver que nao andas nada satisfeita com a creche do Marquito.
    Olha, tenta falar com eles e se nao der resultado, porque nao o mudas de creche?
    Nao sei, e' apenas uma ideia.
    Tem paciencia ;-)
    Beijocas
    Rute

    ResponderEliminar
  10. Sabes Ana, acho que devias dizer-lhes isso directamente.
    Ninguém tem nada a ver com a tua vida e também já deviam saber que todas as crianças são diferentes e têm ritmos próprios.
    beijocas,
    Carla

    ResponderEliminar
  11. Olá Ana
    Que tal dares uma palavrinha mais brusca a essas auxiliares?
    Para auxilires deviam saber que não existe padrão rígido de crescimento e desenvolvimento das crianças. O que acontece com uma ao ano de idade pode acontecer à outra antes ou depois.
    Estão a ser parvas (desculpem o termo).
    Eu já me tinha passado com elas. E mais, se em vez de estarem com comentários desnecessários cuidassem dos meninos das suas salas é que faziam bem?
    Tens de tomar medidas.
    Bjokas

    ResponderEliminar
  12. Faço minhas as palavras da Gina e acrescento que, mesmo que o serviço fosse gratuito, essas senhoras não estão no direito de falar assim contigo, nem com ninguém e se pensarmos também no que escreveste no outro post (no Tesourinho) já estão a passar das marcas!

    Beijinhos

    Ah! PS - Gostei do novo template ;)

    ResponderEliminar
  13. Olá!
    Sou estreante no teu blog.
    Olha porque é que não falas com as senhoras? Eu cá não me aguentava.

    Espero que a situação melhore!

    Jinhos,

    Mamã Babada e Pequena Estrela

    ResponderEliminar
  14. Olá Ana. Já regressei das férias e foi com alegria que vi que construíste um novo espaço. Parabéns! :)
    Em relação ao que se passa, acho que tb não ía gostar nada... Há pessoas que parecem ter de ser "postas no seu lugar"...
    Tu é que sabes o que fazes e como fazes! A vida é tua e o filho também!!!
    Bjs

    ResponderEliminar
  15. Olá Ana,
    Lamento muito a situação que estás a viver em relação à creche do Tesourinho e imagino que não seja simples resolver esse conflito, pois o pessoal auxiliar que está na cheche é quem cuida do teu filhote e pelo que percebo, parece-me pouco qualificado, não só porque tem comportamentos desagradáveis e incorrectos (não lhes cabe avaliar nem tão pouco dar "recados" daquele género), como também mostram uma total ignorância em relação ao desenvolvimento infantil (o teu filhote já se segura muito bem sózinho e já consegue andar quando o acompanhas - na verdade, por aquilo que ainda ontem observei, ele até corre!); todos os bébés têm o seu ritmo e timing próprios - o Marquinho está perfeitamente a tempo de andar sózinho, pois muitas crianças fazem-no mais tarde e com toda a naturalidade!
    Dizer que é atraso ele ainda não andar e (pior!) compará-lo com outras crianças é simplesmente maldoso, cruel, errado, pouco inteligente e sem qualquer ética!
    Eu também te aconselhava a teres atenção a situações de desleixo ou de negligência por parte dos auxiliares e caso percebas que o teu filho não está a ter a devida atenção, acho que o deves comunicar ao responsável pela creche.
    Também te aconselho a evitares conflitos directos com os auxiliares, pois isso provoca situações complicadas e bastante desagradáveis, mas não deixes de responder (com educação e em bom tom) aos "recadinhos" que ouvires - assim talvez elas aprendam a ter educação!
    Espero sinceramente que consigas resolver essa situação, que é deveras incómoda e pode ser que tudo acabe por se compor espontâneamente!
    Bjs
    Lena

    ResponderEliminar

Bem vindo a este cantinho

Selinhos